Ouça ao vivo
Rádio Costa Oeste 106,5 FM

106,5 FM

Rádio Costa Oeste

Rádio Independência 92,7 FM

92,7 FM

Rádio Independência

Rádio Cultura 820 AM

820 AM

Rádio Cultura

Rádio Terra das Águas 93,3 FM

93,3 FM

Rádio Terra das Águas

Rádio Guaíra 89,7 FM

89,7 FM

Rádio Guaíra

Três gerações de mulheres do agro sonham em transformar a paixão pelas plantas suculentas em um negócio

As mulheres estão cada vez mais ganhando reconhecimento nas propriedades rurais. Porém, é a visão empreendedora delas que está fazendo a diferença.

Três gerações de mulheres do agro sonham em transformar a paixão pelas plantas suculentas em um negócio

A produtora rural Nilva Klassen, trabalha como o marido Renato Kuhn, na Comunidade de Linha Navegantes, interior de Santa Helena, oeste do Paraná. A principal atividade é pecuária leiteira, que vem sofrendo com o alto custo de produção. Trabalho de domingo a domingo que exige compromisso e dedicação integral. Buscando algo para fazer nas poucas horas vagas do dia, Nilva encontrou um passatempo nas plantas suculentas.


No outro setor da propriedade está acontecendo algo inédito e preocupante. Segundo Renato, o quilo de ração está custando mais do que o litro de leite produzido.

A propriedade é tecnificada. As vacas têm direito resfriamento com água e ventiladores, com alimentação balanceada reduzindo o estresse térmico e garantindo boa produção. Em tempos que diminuir custos é regra, até o pequeno Renan, filho do casal, tem tudo na ponta da língua. 

Preocupação que por um momento é esquecida no meio de tantas variedades de suculentas na estufa da família que não para de crescer. Conhecimento herdado de gerações. A mãe de Nilva, dona Helga, possui um jardim repleto de plantas e flores, e são mais que apenas um hobby. 

Dona Helga teve um passado difícil de trabalho ardo em uma época que a mulher vivia sob a sombra do homem. Mas, desde então isso tudo mudou.   E hoje em dia o reconhecimento vem principalmente deles. 

Reconhecimento em palavras e atos que faz Nilva sonhar em transformar o passatempo em um negócio muito em breve. Mas, a desigualdade de gênero ainda existe e cria vários obstáculos para as mulheres. Contudo, quando o estímulo vem da família não existe limites para a filha do casal, Beatriz, sonhar. 

Uma mulher, quando reconhece sua força, se torna uma fonte interminável de inspiração. Vocês mulheres são todas incríveis e merecem todo o respeito do mundo.  






Fonte: Costa Oeste News

Autor do post