Ouça ao vivo
Rádio Costa Oeste 106,5 FM

106,5 FM

Rádio Costa Oeste

Rádio Independência 92,7 FM

92,7 FM

Rádio Independência

Rádio Cultura 820 AM

820 AM

Rádio Cultura

Rádio Terra das Águas 93,3 FM

93,3 FM

Rádio Terra das Águas

Rádio Guaíra 89,7 FM

89,7 FM

Rádio Guaíra

Foz do Iguaçu tem primeiro caso confirmado de Monkeypox

Paciente é do sexo masculino, com idade entre 20 e 29 anos; caso é considerado importado, uma vez que ele tem histórico de viagem recente

Foz do Iguaçu tem primeiro caso confirmado de Monkeypox

A Secretaria Municipal de Saúde confirmou na noite de segunda-feira (15) o primeiro caso de Monkeypox (doença popularmente conhecida como varíola dos macacos) em Foz do Iguaçu.

O paciente é do sexo masculino, da faixa etária entre 20 e 29 anos, que está em bom estado de saúde e cumpre isolamento domiciliar. O Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS) da Secretaria de Saúde está acompanhando o caso, classificado como importado, uma vez que o homem tem histórico de viagem à cidade de São Paulo dias antes de apresentar sintomas. 

O diagnóstico foi feito no Instituto Adolfo Lutz - credenciado como Laboratório Nacional em Saúde Pública e Laboratório de Referência Macrorregional pelo Ministério da Saúde. Outros oito casos suspeitos estão atualmente em investigação no município. 

Sintomas

O Cievs Fronteira Foz do Iguaçu ressalta a necessidade de reforçar os cuidados em relação à Monkeypox, doença zoonótica viral, cuja transmissão para humanos pode ocorrer por contato com animal ou outro humano infectado, ou ainda com objetos contaminados.

Os sintomas podem durar entre 2 a 4 semanas, e incluem: erupção cutânea, febre, calafrios, exaustão, cefaleia, adenomegalia, dores musculares, dores nas costas, dor retal, sangramento retal e edema peniano. A pessoa infectada só deixa de transmitir o vírus quando as crostas desaparecem da pele.

Casos suspeitos

Em caso de sintomas, procure a Unidade Básica de Saúde mais próxima para exames, orientações e acompanhamento. Casos que preenchem a definição de suspeito devem ser notificados imediatamente ao CIEVS Fronteira Foz do Iguaçu pelo (45) 2105-8181|8197 ou e-mail cievsfoz@gmail.com.

A população geral pode se prevenir da Monkeypox com o uso de máscara e higienização frequente das mãos.

Fonte: Assessoria Pref. Foz do Iguaçu

Envie sua Notícia, vídeo, foto
(45)99827-8200

Colunistas

Cidades relacionadas

Categorias relacionadas