Ouça ao vivo
Rádio Costa Oeste 106,5 FM

106,5 FM

Rádio Costa Oeste

Rádio Independência 92,7 FM

92,7 FM

Rádio Independência

Rádio Cultura 820 AM

820 AM

Rádio Cultura

Rádio Terra das Águas 93,3 FM

93,3 FM

Rádio Terra das Águas

Rádio Guaíra 89,7 FM

89,7 FM

Rádio Guaíra

Suinocultura na região cresce e com ela se torna fundamental a sucessão familiar

E 2021 foi especial, pois o estado fechou o terceiro trimestre com o maior número de animais abatidos desde 1997.

Suinocultura na região cresce e com ela se torna fundamental a sucessão familiar

A suinocultura não para de crescer no Paraná. E 2021 foi especial, pois o estado fechou o terceiro trimestre com o maior número de animais abatidos desde 1997, início da série histórica do IBGE. O Paraná abateu 2,8 milhões de suínos entre julho e setembro. Seu Ademir Scheeren ajudou a engordar estes números, na comunidade da Cabeceira da Moreninha em Santa Helena. Ele tem duas pocilgas, uma recém inaugurada aumentando a capacidade de produção anual para mais de 6 mil animais.




Bons resultados e atividade prosperando. Mas, a sucessão passa ser o desafio. Das duas filhas, a jovem Gabriela demostrou afinidade com atividade e sonha em seguir os passos do pai e já faz planos para o futuro. Por outro lado, a irmã Larissa pretende seguir outra profissão. Ela está cursando pedagogia e sonha em ser professora. 

Nas pocilgas de terminação os suínos chegam com até 25 quilos e cerca de 100 dias depois estarão prontos pesando até 135 quilos em média. O que exige uma atenção especial desde o início para os produtores, explica o técnico da Lar Cooperativa Matheus Hartmann.

Desde a implantação da suinocultura na propriedade as coisas tem melhorado para a família Scheeren, comemora a mãe, Neiva Maria. Fazer o que gosta e repassar todo o conhecimento para a nova geração seguir em frente. Está é a grande missão de seu Ademir. Quando você sabe o que quer, não precisa de uma resposta longa. E Gabriela responde assim quando questionada. Você quer ser suinocultura? Resposta: Sim! 




Fonte: Costa Oeste News

Autor do post