Ouça ao vivo
Rádio Costa Oeste 106,5 FM

106,5 FM

Rádio Costa Oeste

Rádio Independência 92,7 FM

92,7 FM

Rádio Independência

Rádio Cultura 820 AM

820 AM

Rádio Cultura

Rádio Terra das Águas 93,3 FM

93,3 FM

Rádio Terra das Águas

Rádio Guaíra 89,7 FM

89,7 FM

Rádio Guaíra

Chuva traz alívio para agricultores e produtores; maior precipitação chegou a 46mm, o menor foi de 8mm na região

Os participantes do Expedição Costa Oeste enviaram para o programa Revista Costa Oeste 106,5 FM registros de quantos milímetros choveu nas diversas regiões.

Chuva traz alívio para agricultores e produtores; maior precipitação chegou a 46mm, o menor foi de 8mm na região

A chuva que começou na madrugada desta terça-feira (14) trouxe alívio para agricultores e produtores da região. Os participantes do Expedição Costa Oeste enviaram para o programa Revista Costa Oeste 106,5 FM (12h) registros de quantos milímetros choveu nas diversas regiões.

O produtor de ovos de postura, Ladi Deparis, reside na Linha Pedra Branca em Serranópolis do Iguaçu. Na propriedade dele choveu 40 milímetros.

No Distrito de São Jorge, Linha Castanhel, em São Miguel do Iguaçu, Luzia Dorigon registrou 36mm de chuva. 

Na Comunidade Linha Cacic o produtor de aves de corte Diogo Sezar de Mattia e o agricultor André Périco da Linha Santa Rita registraram 30mm. Ambos de São Miguel do Iguaçu. 

Ainda em São Miguel na Serra do Mico a Cleide Sostisso contou que lá choveu 22mm.

Já em Matelândia na Linha Uru a Camilla Paula registrou 25mm.

O presidente da Coofamel, Antonio H. Schneider, contou que em Santa Helena choveu 15mm.

Nelson Sauthier ficou registrou na Linha Sávio choveu 15mm, disse.

Voltando para São Miguel, o Andre Monsani registrou 36mm na Linha São Lourenço.

Em Missal os registros foram poucos. Aline Jungbluth contabilizou apenas 9mm na Linha Boa Esperança e o Leomar Lunkes 08mm na Linha São Pedro. Deixando o cenário um pouco mais feliz, Nivaldo Buche registrou 17mm na Cabeceira do Cedro.

Lá em Santa Terezinha de Itaipu na Comunidade Três Fazendas, Ivone Scheid Behenck, anotou 17mm.

Já em Céu Azul Luzia Dannebroch  registrou 42 mm. Ela é avicultora de aves de corte.


Retornamos para Serranópolis do Iguaçu. Antonio Augusto Angheben vai conseguir lançar a semente da soja, por lá choveu 46mm na Linha Bonatto. 

O agricultor Dorival Back registrou 42mm na Linha Bananeira. 

A avicultora Simoni Tessaro Niehues contabilizou 35mm na Comunidade Cristo Rei.

Pra finalizar, Estanislau Brixner da Linha Minosso em São Miguel do Iguaçu disse que lá foram 30mm.

Segundo o metereologista do SIMEPAR, Samuel Braun, a instabilidade continua elevada em boa parte do Paraná nesta tarde de terça-feira. 

Tempestades com muitos raios ocorrem especialmente no norte e no noroeste. Ao longo do dia a chuva foi bastante expressiva no sudoeste, com acumulados acima dos 70,0 mm em Francisco Beltrão, por exemplo. 

Em Londrina os ventos alcançaram os 71,2 km/h, ocasionando queda de várias árvores na cidade.

Na quarta-feira (15), o tempo segue instável em todas as regiões do Paraná. Pancadas de chuvas acompanhadas de descargas elétricas seguem sendo registradas no decorrer do dia. 

Os maiores acumulados estão previstos para a "metade sul" do Estado, mas no norte também chove. As temperaturas seguem mais elevadas nos setores noroeste e no norte pioneiro. No leste, entre a RMC e praias, variam pouco.


*Levantamento feito até o meio dia desta terça-feira (14).

Fonte: Costa Oeste News

Autor do post