Ouça ao vivo
Rádio Costa Oeste 106,5 FM

106,5 FM

Rádio Costa Oeste

Rádio Independência 92,7 FM

92,7 FM

Rádio Independência

Rádio Cultura 820 AM

820 AM

Rádio Cultura

Rádio Terra das Águas 93,3 FM

93,3 FM

Rádio Terra das Águas

Rádio Guaíra 89,7 FM

89,7 FM

Rádio Guaíra

Com estiagem severa colheita de soja será reduzida em São Miguel do Iguaçu, segundo secretário de agricultura

O município decretou situação de emergência pública em razão do alto nível de estiagem e crise hídrica.

Com estiagem severa colheita de soja será reduzida em São Miguel do Iguaçu, segundo secretário de agricultura

A estiagem severa está prejudicando o setor agrícola do Paraná e em São Miguel do Iguaçu as expectativas não estão sendo atendidas na safra de soja 2021/2022. Segundo o secretário municipal de agricultura, Marcelo Alexandre, os agricultores estão sofrendo com a falta de chuva, além disso, no começo da safra um temporal fez com que muitos tivessem que fazer o replantio da cultura. 

A previsão para iniciar a colheita era 10 de janeiro de 2022, mas com a seca muitos foram obrigados a adiantar o processo. Conforme Marcelo, ainda há muitas áreas plantadas, mas a média vária de 30 a 50 sacas por alqueire. Em alguns casos específicos há registros de 80 sacas devido às chuvas isoladas. Ele participou do programa Revista Costa Oeste 106,5 FM e falou sobre a estimativa:

O município de São Miguel do Iguaçu decretou situação de emergência pública em razão do alto nível de estiagem e crise hídrica. A decisão faz parte de uma ação conjunta dos municípios lindeiros ao Lago de Itaipu para buscar auxílio do Governo do Estado. O documento foi publicado do Diário Oficial na última quinta-feira (06).

Segundo o secretário, o município disponibiliza um caminhão pipa para atender as famílias que residem nas áreas rurais e estão com os poços artesianos secos. Ainda segundo ele, em 2021 o Governo Municipal distribuiu mais de 1 bilhão de litros de água através do caminhão pipa.


Para 2022 o secretário da pasta prevê incentivos para a bacia leiteira, apoio ao pequeno produtor, incentivo na inseminação e produção de silagem.


Fonte: Costa Oeste News

Autor do post