Ouça ao vivo
Rádio Costa Oeste 106,5 FM

106,5 FM

Rádio Costa Oeste

Rádio Independência 92,7 FM

92,7 FM

Rádio Independência

Rádio Cultura 820 AM

820 AM

Rádio Cultura

Rádio Terra das Águas 93,3 FM

93,3 FM

Rádio Terra das Águas

Rádio Guaíra 89,7 FM

89,7 FM

Rádio Guaíra

Produção de grãos está no sangue e passa de pai para filho na família Behenck há mais de 50 anos

Mesmo com chuvas acima da média histórica para o mês de janeiro no oeste paranaense perspectiva da safra de soja 2020/21 é muito boa.

Produção de grãos está no sangue e passa de pai para filho na família Behenck há mais de 50 anos


No oeste do Paraná as chuvas não param e as lavouras de soja crescem. O Expedição Costa Oeste visita uma família com mais de 50 anos de tradição na produção de grãos. Produzir está no sangue e passa de pai para filho na família Behenck. A mais de 50 anos eles produzem grãos no Paraná. Em meio século de trabalho a agricultura viveu altos e baixos, mas a paixão pelo trabalho sempre esteve à frente dos resultados, de acordo com o pai Avanildo. 

Hoje o filho Evandro, segue escrevendo a história dos Behenck a frente dos mais de 60 alqueires de soja, na comunidade de Três Fazendas em Santa Terezinha de Itaipu. A perspectiva da safra 2020/21 é muito boa.  A união dos agricultores Ivone e Avanildo só poderia gerar uma família dedicada no agronegócio. O filho mais velho, Christian, está no Pará expandindo o conhecimento e produzindo, para orgulho da mãe Ivone, que sempre esteve junto ajudando a construir uma propriedade sólida. 

Em solo paranaense a soja está muito bonita, mas, as chuvas precisam dar uma pequena trégua. De acordo com o Simepar, as chuvas no oeste do estado foram acima da média histórica para o mês de janeiro.Condição que faz os agricultores redobrarem atenção no controle de pragas, alerta Evandro. Faça chuva ou faça sol, o que aprendemos é que ser agricultor é sinônimo de esperança e perseverança. 



Fonte: Costa Oeste News

Autor do post