Ouça ao vivo
Rádio Costa Oeste 106,5 FM

106,5 FM

Rádio Costa Oeste

Rádio Independência 92,7 FM

92,7 FM

Rádio Independência

Rádio Cultura 820 AM

820 AM

Rádio Cultura

Rádio Terra das Águas 93,3 FM

93,3 FM

Rádio Terra das Águas

Rádio Guaíra 89,7 FM

89,7 FM

Rádio Guaíra

Receita Federal apreende caminhão com mais de R$ 2 milhões em produtos da Apple em fundo falso

Carreta foi adaptada para acomodar mercadorias trazidas ilegalmente do exterior como iPhones, iPads e MacBooks

  • 10/05/2022
  • Foto(s): Assessoria Receita Federal
  • Policial
Receita Federal apreende caminhão com mais de R$ 2 milhões em produtos da Apple em fundo falso

Servidores da Receita Federal apreenderam na tarde desta terça-feira (10/05) um caminhão com mais de R$ 2 milhões em produtos eletrônicos da marca Apple. A abordagem foi realizada em um posto de gasolina na BR-277, em Cascavel (PR). 

Para tentar iludir a fiscalização, foi criado um fundo falso similar ao original do caminhão, reduzindo o tamanho do compartimento interno da carreta em cerca de 40 cm. Dentro do compartimento, cerca de 25 caixas de produtos eletrônicos foram encontrados, dentre eles iPhones, iPads e MacBooks.

O caminhão, que vinha da região da fronteira com o Paraguai, transportava uma carga de arroz em fardos que tinha como destino a cidade de São Paulo. Ao abrir o compartimento de carga, os servidores da Receita Federal perceberam que a carga parecia ter sido movimentada após o carregamento, e o motorista demonstrava nervosismo. O veículo foi então encaminhado para o depósito da Receita Federal em Cascavel para uma análise mais minuciosa.

Embora a carga de arroz estivesse regular, a fiscalização da Receita Federal revelou o fundo falso. O motorista, que era também proprietário do caminhão, foi conduzido às autoridades policiais para os devidos procedimentos legais.

O caminhão foi apreendido juntamente com os eletrônicos, que estão sendo contados e avaliados para a apuração do valor final da apreensão. A ação da Receita Federal no combate a produtos introduzidos ilegalmente no País visa à proteção da indústria nacional e ao combate à concorrência desleal.

Fonte: Assessoria Receita Federal

Colunistas

Cidades relacionadas

Categorias relacionadas