Ouça ao vivo
Rádio Costa Oeste 106,5 FM

106,5 FM

Rádio Costa Oeste

Rádio Independência 92,7 FM

92,7 FM

Rádio Independência

Rádio Cultura 820 AM

820 AM

Rádio Cultura

Rádio Terra das Águas 93,3 FM

93,3 FM

Rádio Terra das Águas

Rádio Guaíra 89,7 FM

89,7 FM

Rádio Guaíra

Expedição Costa Oeste: família deixa lavouras de fumo para investir em melado e derivados de cana-de-açúcar

Os filhos, Adriano, Anderson e Jeferson abraçaram a ideia do pai e foram além, idealizaram uma agroindústria.

Expedição Costa Oeste: família deixa lavouras de fumo para investir em melado e derivados de cana-de-açúcar

Na Comunidade São José da Picada Benjamim em Matelândia, o dia começa cedo para fugir do sol forte. Seis horas da manhã a família Pertum está na roça. A cana cortada é transportada até o moedor. A garapa extraída do processo desce por encanamentos até a fervura, onde 300 litros de caldo de cana se transformarão em 60 quilos de melado. Tudo tecnificado e eficiente. Mas, antes de conseguir este resultado o caminho foi árduo.


O desafio da maioria das pequenas propriedades é manter toda família vivendo no mesmo lar. Em muitos casos isso não é possível. Foi então que o pai, seu Antonio decidiu deixar de cultivar fumo e passou a investir na cana-de-açúcar.

Os filhos, Adriano, Anderson e Jeferson abraçaram a ideia do pai e foram além, idealizaram uma agroindústria. Com auxílio do antigo instituto Emater, hoje IDR, conseguiram tirar a ideia do papel, um pouco diferente do que o pai imaginava. 

Mas, produzir melado, açúcar mascavo e outros derivados é uma coisa. Outra é convencer as pessoas que seu produto é bom. A agroindústria cresceu e fez a demanda de trabalho naturalmente aumentar. A solução de novo foi encontrada em família. 


Bom humor, felicidade e paixão pelo trabalho são qualidades de sobra que fazem a família Pertum seguir em frente sem pensar em fazer outra coisa. 


Fonte: Costa Oeste News

Autor do post

Colunistas

Cidades relacionadas

Categorias relacionadas