Ouça ao vivo
Rádio Costa Oeste 106,5 FM

106,5 FM

Rádio Costa Oeste

Rádio Independência 92,7 FM

92,7 FM

Rádio Independência

Rádio Cultura 820 AM

820 AM

Rádio Cultura

Rádio Terra das Águas 93,3 FM

93,3 FM

Rádio Terra das Águas

Rádio Guaíra 89,7 FM

89,7 FM

Rádio Guaíra

Vaca holandesa premiada de Missal é resultado de melhoramento genético e boas práticas de manejo

Genética e tecnologia andam juntas na criação de gado holandês.

Vaca holandesa premiada de Missal é resultado de melhoramento genético e boas práticas de manejo

Genética e tecnologia andam juntas na criação de gado holandês. Na propriedade, localizada na região do Portão do Ocoí, Distrito de Missal, no Oeste do Paraná, o foco principal é a criação de vacas da raça holandesa. Mas, isso não quer dizer que o leite deixa de ganhar atenção especial. O bom resultado é fundamental para definir a qualidade de produção e criação. E neste ponto que entra em ação o melhoramento genético, como explica o criador de bovinos da raça holandesa, Giovani Esbabo. 

Em 2020, o Brasil alcançou a primeira posição no volume de importação de sêmen dos Estados Unidos, segundo a Associação de Exportação de Genética norte-americana. Para a produção de leite a raça holandesa é a mais buscada pelos brasileiros. Giovani se apaixonou pela atividade elevando o nível do seu plantel em busca de melhores animais. 

Trabalho este já premiado com o segundo lugar na Expobel 2020, de Francisco Beltrão, que nada mais é do que terceira maior feira do Paraná.  Giovani conquistou este prêmio com bezerra Kwatita, que hoje já é uma matriz leiteira. Porém, nem tudo pode ser creditado apenas a genética.

Giovani trabalha com a esposa Luisa, na propriedade que conta com 45 animais, sendo 21 vacas em lactação produzindo 600 litros de leite diários. Parte da produção vai para os recém-nascidos alimentados com leite até os seis meses de vida, diferente do que acontece na cadeia produtiva convencional. 

E agora a tecnologia proporcionou mais uma comodidade, escolher o touro ideal pelo aplicativo de celular. 

 O produtor de leite e o criador de animais vive a gangorra de altos e baixos, porém existe algo muito maior que o mantém produzindo. 

Fonte: Costa Oeste News

Autor do post