Ouça ao vivo
Rádio Costa Oeste 106,5 FM

106,5 FM

Rádio Costa Oeste

Rádio Independência 92,7 FM

92,7 FM

Rádio Independência

Rádio Cultura 820 AM

820 AM

Rádio Cultura

Rádio Terra das Águas 93,3 FM

93,3 FM

Rádio Terra das Águas

Rádio Guaíra 89,7 FM

89,7 FM

Rádio Guaíra

Publicada resolução da Camex que zera imposto de importação do milho

  • 25/04/2016
  • Foto(s): Divulgação
Publicada resolução da Camex que zera imposto de importação do milho
A Câmara do Comércio Exterior (Camex) publicou, no Diário Oficial da União desta sexta-feira (22), resolução que reduz de 8% para zero o imposto de importação do milho em grão. 

A medida, válida por seis meses, está limitada a um milhão de toneladas e visa conter a alta dos preços, no mercado interno, das carnes de frango e de suínos, que têm no cereal a base da alimentação.

A desoneração atende à demanda dos criadores de aves, suínos e produtores de leite, que demonstravam preocupação com a alta do preço do milho no mercado interno. 

O Brasil é o maior exportador mundial de carne de frango e um dos principais exportadores de carne suína.

A proposta de isenção - encaminhada à Camex pela ministra Kátia Abreu (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) ??? foi aprovada pelo Comitê Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior (Gecex), vinculado à Camex, na última terça-feira (19).

A limitação a um milhão de toneladas visa a proteger o produtor brasileiro, que dará início à colheita do milho safrinha nos próximos meses. ???Como a isenção do imposto valerá entre maio e outubro e terá quantidade limitada, a comercialização do milho safrinha não causará prejuízo aos agricultores???, afirmou o secretário de Política Agrícola do Mapa, André Nassar.

A importação de milho proveniente de países membros do Mercosul já é isenta de impostos. Portanto, a medida estimulará a compra do grão produzido em outros países parceiros, como os Estados Unidos.

Fonte: Agrolink

Envie sua Notícia, vídeo, foto
(45)99102-5533

Colunistas