Ouça ao vivo
Rádio Costa Oeste 106,5 FM

106,5 FM

Rádio Costa Oeste

Rádio Independência 92,7 FM

92,7 FM

Rádio Independência

Rádio Cultura 820 AM

820 AM

Rádio Cultura

Rádio Terra das Águas 93,3 FM

93,3 FM

Rádio Terra das Águas

Rádio Guaíra 89,7 FM

89,7 FM

Rádio Guaíra

Obras no Trevo Cataratas avançam e se aproximam da segunda etapa

Com quase seis meses de atividades, a obra de readequação do Trevo Cataratas, em Cascavel, na região Oeste, vai resolver um dos maiores gargalos logísticos do Paraná

  • 16/04/2021
  • Foto(s): Divulgação DER/PR
  • Região
Obras no Trevo Cataratas avançam e se aproximam da segunda etapa

Serviços de terraplenagem, drenagem e de pavimentação estão em andamento na readequação do Trevo Cataratas, em Cascavel, na região Oeste do Paraná. A obra é fruto de acordo com o Ministério Público Federal (MPF). Cabe ao Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) a fiscalização do seu andamento, garantindo que ela siga as normas vigentes e que os recursos devidos à população sejam corretamente investidos.

“O maior gargalo logístico do Paraná será resolvido com essa obra, que conseguimos priorizar dentro do acordo com o Ministério Público Federal. Na verdade, a inclusão do Trevo Cataratas no acordo foi uma vitória do Governo do Paraná, que não abriu mão da sua construção”, afirma o secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná, Sandro Alex. “Estamos acompanhando atentamente o seu andamento, pois ele é fundamental para desenvolver ainda mais a região Oeste”, diz o secretário.

“Ao mesmo tempo, na região temos em andamento a nova Ponte da Integração Brasil – Paraguai e, em breve, devemos iniciar a duplicação de mais seis quilômetros da BR-277 em Cascavel, do posto da Polícia Rodoviária Federal até a Ferroeste, ambas resultado da parceria com a Itaipu Binacional, com a fiscalização, gestão e acompanhamento dessas obras cabendo ao Estado do Paraná”.

O Trevo Cataratas é uma interseção em nível que reúne as rodovias BR-369, ligação com Maringá; a BR-277, sentido Guarapuava e sentido Foz do Iguaçu; a BR-467, em direção a Toledo; e a Avenida Brasil, principal via de acesso a Cascavel. Cerca de 45 mil veículos circulam pelo trevo diariamente.

Desde o início dos trabalhos, em outubro passado, a obra já avançou nos serviços da chamada etapa 1, em que vias próximas ao trevo receberão melhorias, em uma extensão total de quatro quilômetros, para receber o trânsito principal da interseção.

Atualmente está sendo implantada uma via marginal paralela à BR-277, na Rua Três Poderes, e sendo executada uma nova pavimentação na rua Francisco Ignacio Fernandes, e outros dispositivos, como alças e acessos, que farão a interligação no entorno do trevo.

Assim que esses serviços estiverem concluídos, tem início a etapa 2, que será o bloqueio dos acessos ao Trevo Cataratas e desvio total do tráfego de veículos para as obras da etapa anterior. Na etapa 3 serão realizados todos os serviços no canteiro central do trevo, que incluem a execução de dois viadutos e cinco quilômetros de rodovias. A obra deve ser concluída em 2022.

“Os usuários do Trevo Cataratas estão observando a movimentação no trecho há alguns meses, mas ainda não tiveram sua rotina afetada de maneira significativa. Isso vai mudar em breve, quando o canteiro central for fechado para execução das obras de arte especiais e nova pavimentação” explica o diretor-geral do DER/PR, Fernando Furiatti.

“A obra estará devidamente sinalizada, conforme a legislação vigente, e contamos com a colaboração de todos os condutores durante esses meses de obras, pois os benefícios resultantes valerão a pena”.

ACORDO – Por meio do acordo serão executadas ainda as alças de acesso ao viaduto Olindo Periolo em Cascavel, terceiras faixas em segmentos críticos da BR-277 entre Cascavel e Guarapuava, e melhorias em vias marginais da BR-277 em Foz do Iguaçu.


Fonte: AEN

Mais lidas relacionadas deste mês

Colunistas

Cidades relacionadas

Categorias relacionadas