Ouça ao vivo
Rádio Costa Oeste 106,5 FM

106,5 FM

Rádio Costa Oeste

Rádio Independência 92,7 FM

92,7 FM

Rádio Independência

Rádio Cultura 820 AM

820 AM

Rádio Cultura

Rádio Terra das Águas 93,3 FM

93,3 FM

Rádio Terra das Águas

Rádio Guaíra 89,7 FM

89,7 FM

Rádio Guaíra

Família Angheben troca parreirais de uva no RS pelas lavouras de soja e milho no Paraná

As máquinas estão trabalhando em ritmo acelerado na colheita da soja, com a janela curta para o plantio do milho não há tempo a perder.

Família Angheben troca parreirais de uva no RS pelas lavouras de soja e milho no Paraná

O Expedição Costa Oeste está acompanhado de perto a colheita da soja. O ouro que sai das lavouras do oeste paranaense. As máquinas estão trabalhando em ritmo acelerado, na Linha Bonatto em Serranópolis do Iguaçu, divisa com o município de Medianeira. Mas, com a janela curta para o plantio do milho não há tempo a perder, de acordo com Antonio Augusto Angheben. 

O Gaúcho de Bento Gonçalves trocou os parreirais de uva pelas lavouras de soja e milho no Paraná. Por aqui, ele estudou muito e hoje tem currículo que conta as formações de Engenheiro Agrônomo, Técnico em Meio Ambiente, Tecnólogo em Biocombustíveis e Mestre em Tecnologias Ambientais. Mesmo assim abriu mão de tudo para estar nas lavouras. O sacrifício vai além do que se pode imaginar. 

Votando as atenções para a colheita, o Departamento de Economia Rural (Deral) do Paraná estima que a produção da safra de soja em 2020/2021 deve superar 20 milhões de toneladas em seu relatório de fevereiro. 

Segundo o engenheiro agrônomo da EMATER, Max Sander Souto, na propriedade da família Angheben, a produtividade está muito boa. Você reparou no operador do trator, é o irmão de Antônio, ele também é apaixonado pela agricultura. João Victor aproveitou a pausa no curso de medicina em Maringá, para ajudar na propriedade.  

A família Angheben é um grande exemplo de que pode se viver uma vida magnífica quando se sabe trabalhar e amar.



Fonte: Costa Oeste News

Autor do post