Ouça ao vivo
Rádio Costa Oeste 106,5 FM

106,5 FM

Rádio Costa Oeste

Rádio Independência 92,7 FM

92,7 FM

Rádio Independência

Rádio Cultura 820 AM

820 AM

Rádio Cultura

Rádio Terra das Águas 93,3 FM

93,3 FM

Rádio Terra das Águas

Rádio Guaíra 89,7 FM

89,7 FM

Rádio Guaíra

Em Santa Terezinha, 50% dos contribuintes retiraram o carnê do IPTU

  • 02/04/2016
  • Foto(s): Assessoria
Em Santa Terezinha, 50% dos contribuintes retiraram o carnê do IPTU
A distribuição dos carnês do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) começou no dia 14 de março em Santa Terezinha de Itaipu. Relatório divulgado pelo departamento de Receita e Cadastro Técnico informa que até a última terça-feira (29) cerca de 50% dos contribuintes haviam retirado o boleto do imposto, cuja cota única ou primeira parcela vencem no dia 11 de abril.

Neste ano quase 7 mil cadastros úteis foram lançados. Os tributos de competência do município não têm majoração de valores, somente a correção da inflação do período de 12 meses.

Os contribuintes que ainda não retiraram o carnê podem fazê-lo no departamento de Receita e Cadastro Técnico, situado no prédio da prefeitura municipal. O atendimento ao público é das 8h às 12h e das 13h30 às 15h30, de segunda a sexta-feira.

Além de poderem retirar os carnês pessoalmente, os contribuintes têm a opção de emitir os boletos pela internet, por meio do site www.stitaipu.pr.gov.br. Assim como no ano passado, a intenção é possibilitar uma ferramenta ágil e de fácil acesso, gerando comodidade ao cidadão.

Pagamento

Aos contribuintes que optarem por fazer o pagamento à vista está sendo oferecido um desconto de 5% sobre os valores do Imposto Predial e do Imposto Territorial. Essa opção é valida somente até a data do vencimento, que de acordo com a Secretaria Municipal da Fazenda, o pagamento em cota única será 11 de abril. Outra opção ao cidadão é o parcelamento do IPTU em até oito vezes, cuja primeira parcela vence na mesma data da cota única.

O Departamento de Receita e Cadastro Técnico informa ainda que quem tem dívida ativa com o município pode regularizar a sua situação solicitando o parcelamento dos valores em até 24 vezes. Com isso, o contribuinte evita o ajuizamento da dívida e consequências como o bloqueio de conta corrente e do próprio bem imóvel.  

Fonte: Assessoria

Envie sua Notícia, vídeo, foto
(45)99102-5533

Colunistas