Ouça ao vivo
Rádio Costa Oeste 106,5 FM

106,5 FM

Rádio Costa Oeste

Rádio Independência 92,7 FM

92,7 FM

Rádio Independência

Rádio Cultura 820 AM

820 AM

Rádio Cultura

Rádio Terra das Águas 93,3 FM

93,3 FM

Rádio Terra das Águas

Rádio Guaíra 89,7 FM

89,7 FM

Rádio Guaíra

Primeiro caso de chikungunya em Foz do Iguaçu deixa moradores em alerta

  • 06/01/2016
  • Foto(s): Catve
Primeiro caso de chikungunya em Foz do Iguaçu deixa moradores em alerta
A divisão de Epidemiologia da Secretaria de Saúde de Foz do Iguaçu confirmou o primeiro caso de febre chikungunya na cidade. A confirmação fez aumentar o nível de alerta na cidade. O caso foi registrado região norte de Foz do Iguaçu. A paciente é uma mulher de 61 anos. Ela apresentou os sintomas, como falta de sensibilidade nas mãos e nos pés, dores nas articulações, vômitos e muita sede, depois de uma viagem ao estado de Alagoas em novembro do ano passado para visitar a mãe. 

Com a confirmação do caso de chikukngunya, o Centro de Controle de Zoonoses intensificou o trabalho de combate ao mosquito transmissor com mais visitas domiciliares. A Divisão de Epidemiologia também está monitorando outra doença transmitida pelo Aedes aegypti, o Zika Vírus. Desde novembro do ano passado já foram registrados 16 casos suspeitos da doença. Os resultados dos exames, que podem demorar até dois meses para ficar pronto, ainda não foram divulgados.

Hoje também foi iniciado o mapeamento da área, através do levantamento rápido do índice de infestação por Aedes aegypti, o LIRA. Em outubro do ano passado, o índice era de 3,61%, o que representa para cada grupo de 100 casas visitadas, de 3 a 4 tinham focos do mosquito. Com isso Foz do Iguaçu, está na lista dos municípios com risco de epidemia de dengue. Em 2015 foram confirmados cerca de 2.600 casos.

Fonte: Catve

Envie sua Notícia, vídeo, foto
(45)9910-25533

Colunistas