Ouça ao vivo
Rádio Costa Oeste 106,5 FM

106,5 FM

Rádio Costa Oeste

Rádio Independência 92,7 FM

92,7 FM

Rádio Independência

Rádio Cultura 820 AM

820 AM

Rádio Cultura

Rádio Terra das Águas 93,3 FM

93,3 FM

Rádio Terra das Águas

Rádio Guaíra 89,7 FM

89,7 FM

Rádio Guaíra

Dente de cachorro caindo: o que pode ser?

Os bichinhos são parte da família. Todo tutor ama brincar e se divertir com eles, mas é preciso ficar atento a qualquer mudança fora do comum, como ver dente de cachorro caindo.

Dente de cachorro caindo: o que pode ser?

Diversos motivos podem estar relacionados à queda de dentes de cachorro. Dependendo da idade, isso pode ser considerado normal ou indicativo de algum problema. Nesse artigo, você encontra as principais causas para dente de cachorro caindo. Lembre-se de sempre buscar por um veterinário!

Troca de dentes

Assim como os humanos, os cachorros também possuem fases da vida e trocam de dentes durante a infância. Esse processo, em que os dentes decíduos (também conhecidos como dentes de leite) caem e os dentes permanentes crescem, pode variar de acordo com o porte do pet. 

Cães de pequeno porte normalmente tendem a perder os dentes mais tarde que os cães de grande porte. No geral, não é preciso se preocupar, pois essa troca de dente de cachorro é natural e ocorre entre os quatro e sete primeiros meses de vida.

Durante esse período, é normal o cachorro sentir alguns incômodos e morder tudo. Por isso, é importante comprar brinquedos, mordedores e começar a escovação dos dentinhos. Assim, o pet se adapta à limpeza, facilitando-a na vida adulta e evitando diversos problemas dentários.

Cães idosos

Apesar de ser comum ver dente de cachorro caindo enquanto idoso, isso não é normal. Nesse caso, a queda pode ocorrer devido à falta de cuidados com a saúde bucal durante a vida do animal, como escovação, limpeza com dentista para cachorro, alimentação adequada, etc.

Muitas vezes, a extração de alguns dentes de cães idosos também é necessária, devido à baixa imunidade, que pode ocasionar a inflamação da dentição, atrapalhando o bem-estar e até a alimentação do bichinho.  

Causas para dente de cachorro cair

Alguns fatores podem influenciar a queda de dentes de cachorros. Os principais estão ligados à saúde bucal dos animais, que, quando não é feita corretamente, pode acarretar diversos problemas, entre eles, a queda dos dentes. 

As principais causas desse problema estão relacionadas a: tártaro, gengivite e periodontite, em decorrência da falta de cuidado da saúde dental. 

Quando a higiene bucal adequada não é realizada, os resíduos orgânicos se acumulam e servem de alimento para as bactérias que já vivem naturalmente na boca dos pets. Elas se reproduzem aceleradamente, levando ao acúmulo de microrganismos. 

O tártaro canino apresenta-se como manchas amareladas e, às vezes, mais escuras, na parte de cima dos dentes. É uma consequência da não remoção da placa bacteriana, que, quando organizada, calcifica-se e causa processo inflamatório do dente e de toda a sustentação.

A ausência de cuidados com o cachorro leva à queda dos dentes. O acúmulo de placa bacteriana é comum e quase inevitável na maior parte dos casos. Porém, a ocorrência é potencializada quando não há higiene bucal e uma alimentação não saudável, com ingestão de carnes, doces, frutas e alimentos que não geram atrito.

Outros problemas de saúde bucal

A gengivite é uma inflamação da mucosa oral, causada principalmente pelo acúmulo de placas bacterianas. Ocorre principalmente nas gengivas, mas pode ocasionar lesões na língua e na zona orofaríngea, além da queda de dentes, do mau hálito e de problemas para comer e beber. 

A periodontite é um quadro clínico que inclui diversas infecções que afetam as gengivas e a estrutura óssea que sustentam os dentes dos cachorros. Os principais sintomas são: mau hálito, tártaro e abcessos na boca, que podem levar à queda dos dentes. 

Se não forem tratadas, as bactérias também podem ir para a corrente sanguínea e afetar órgãos vitais, como coração, fígado, rins, etc. Por isso, é importante se atentar aos sintomas, como falta de apetite, halitose excessiva, desejo permanente de coçar a boca, abscessos e secreções.

Como tratar e prevenir a queda de dentes

Embora alguns problemas relacionados à saúde bucal dos cachorros sejam bastante comuns, é possível preveni-los e tratá-los quando são descobertos cedo.

Mantenha a boa higiene bucal do pet. A escovação é o ponto inicial para essa prevenção. Quando incluída desde filhote, facilita o processo de adaptação.

O ideal é escovar os dentes dos animais pelo menos três vezes por semana, utilizando escova própria para cachorros. Elas são as mais indicadas por terem cerdas macias e angulação que facilita a limpeza de todos os dentes.

A utilização de creme dental pode ser opcional, já que água e escova realizam um bom trabalho. Para tornar o processo mais prazeroso, existem cremes dentais próprios para cachorros, sem flúor e sem espuma, que contam com sabores de carnes e frangos.

Brinquedos, mordedores e petiscos próprios para tratamento dentário também são ótimas opções para a manutenção da saúde do pet. Além da escovação, é imprescindível levar o animal ao veterinário pelo menos duas vezes ao ano ou sempre que verificar alterações incomuns no comportamento do bichinho.


 

Fonte: Petz.com

Autor do post