Ouça ao vivo
Rádio Costa Oeste 106,5 FM

106,5 FM

Rádio Costa Oeste

Rádio Independência 92,7 FM

92,7 FM

Rádio Independência

Rádio Cultura 820 AM

820 AM

Rádio Cultura

Rádio Terra das Águas 93,3 FM

93,3 FM

Rádio Terra das Águas

Rádio Guaíra 89,7 FM

89,7 FM

Rádio Guaíra

Produtor rural apela para fé na esperança da chuva para salvar lavoura de milho

Para entender o que representa chuva e fé para o agricultor, visitamos em dois momentos a propriedade da família Thomazin no interior de Itaipulândia.

Produtor rural apela para fé na esperança da chuva para salvar lavoura de milho

A chuva é pouca, mas a fé é muita. Fé que mantém o agricultor acreditando. Para entender o que representa chuva e fé para o agricultor, visitamos em dois momentos a propriedade da família Thomazin, na Comunidade de Santa Inês, no interior de Itaipulândia no oeste do Paraná. Quando a chuva chegou favoreceu o plantio do milho safrinha enchendo seu Ari de esperança.


Mas, quase 20 dias depois não choveu mais e o que era esperança se tornou preocupação. Porém, o agricultor é resiliente e segue firme buscando forças na fé. A família Thomazin construiu uma capela com a imagem de Nossa senhora Aparecida. A oração é conduzida por Malgarete, esposa de seu Ari.   

Na segunda safra de milho do ano passado enquanto quase todo mundo na região sofreu com geadas e estiagem, seu Ari, conseguiu uma boa colheita de milho. 

A segunda safra de milho de 2022 apresenta um cenário mais favorável segundo relatório do Deral (Departamento de Economia Rura), da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento. Agora, a expectativa é de que sejam produzidas mais 15 milhões de toneladas do grão em todo o estado. Mas, para safra corresponder seu Ari está em contagem regressiva na espera pela chuva. 


Fonte: Costa Oeste News

Autor do post