Ouça ao vivo
Rádio Costa Oeste 106,5 FM

106,5 FM

Rádio Costa Oeste

Rádio Independência 92,7 FM

92,7 FM

Rádio Independência

Rádio Cultura 820 AM

820 AM

Rádio Cultura

Rádio Terra das Águas 93,3 FM

93,3 FM

Rádio Terra das Águas

Rádio Guaíra 89,7 FM

89,7 FM

Rádio Guaíra

Expedição Costa Oeste: Casal deixa emprego na cidade para se tornar produtor de melancias

A pandemia, música e melancias mudaram a vida de um jovem casal na região.

Expedição Costa Oeste: Casal deixa emprego na cidade para se tornar produtor de melancias

No inicio, Cezár Augusto Brandão de Freitas fez o caminho de muitos jovens na região. Saiu do campo para cidade e deixou a pequena propriedade na Comunidade Esquina Represo em Serranópolis do Iguaçu, oeste paranaense, para se tornar professor de música. Foi quando ele conheceu Géssica Regina Ehrig, que trabalhava em São Miguel do Iguaçu, cidade vizinha.  Os dois começaram a namorar e não imaginavam o que estava por vir.

Ambos ficaram afastados do trabalho por conta da pandemia e este tempo passaram no sítio, onde muitas ideias surgiram e a primeira delas foi a plantar melancias.  

Os desafios começaram logo de cara, a primeira plantação foi experimental. 

 Apesar da estiagem, o casal estima colher pouco mais de 500 frutas. Com a demanda crescendo eles estão planejando ampliar e diversificar a produção entrando de vez para o ramo hortifrúti.

Além do trabalho duro do dia a dia, a família Brandão de Freitas tem no sangue a música, que deixa tudo mais leve, mais alegre, porque a vida no campo é muito boa. 

Pois é, foi assim que as melancias surgiram na vida Cezár e Géssica e uniu de vez o jovem casal que agora sonha com algo mais. 

Eles estão construindo uma casa no sítio, confirmando o regresso para a vida rural, sonhando em formar uma família, fazendo o caminho inverso de muito de nossos jovens que buscam oportunidades nas cidades. 

É como diz aquela canção: ‘se eu pudesse, eu levaria esse lugar pra todo canto’. 


Edição e Produção: Alessandro Kunhaski, Cauê Vergopolan Hanzen e Tatyelle Schunemann.

Fonte: Alessandro Kunhaski

Autor do post