Ouça ao vivo
Rádio Costa Oeste 106,5 FM

106,5 FM

Rádio Costa Oeste

Rádio Independência 92,7 FM

92,7 FM

Rádio Independência

Rádio Cultura 820 AM

820 AM

Rádio Cultura

Rádio Terra das Águas 93,3 FM

93,3 FM

Rádio Terra das Águas

Rádio Guaíra 89,7 FM

89,7 FM

Rádio Guaíra

Polícia investiga morte de casal atingido com mais de 100 facadas

  • 25/01/2016
  • Foto(s): Divulgação/ Facebook
Polícia investiga morte de casal atingido com mais de 100 facadas
A Polícia Civil de Araxá, no Alto Paranaíba, busca suspeitos de matar um casal com mais de 100 golpes de faca no fim de semana. O delegado Sandro Negrão afirmou ao G1 que a suspeita inicial é de latrocínio (roubo seguido de morte). O empresário Higor Humberto Fonseca de Sousa, de 26 anos, e a esposa Rafaela D'Eluz Giordani, de 21, apresentavam sinais de tortura. Eles estavam com pés e mãos amarrados e com mordaças na boca.

Conforme o registro da Polícia Militar, um amigo acionou a guarnição após estranhar a falta de notícias do casal. Os militares identificaram que a casa estava toda revirada e as vítimas sem vida. A perícia técnica compareceu ao local.

De acordo com o coordenador do Instituto Médico Legal (IML) de Araxá, Hudson Fiuza, o casal foi morto a golpes de faca, seguidos de tortura. A jovem apresentava 12 perfurações e os cortes estavam cobertos com açúcar. Já o rapaz, teve cerca de 100 perfurações e estava coberto com fubá de milho. As facadas atingiram o peito e tórax das vítimas.

Ainda segundo os militares, foram levados um dois aparelhos de TV, uma caminhonete e quantidade não informada de dinheito e joias. As vítimas foram sepultadas neste domingo (24), sendo o jovem em Patos de Minas, onde mora a família.
Fonte: G1
Envie sua Notícia, vídeo, foto
(45)9910-25533

Colunistas