Ouça ao vivo
Rádio Costa Oeste 106,5 FM

106,5 FM

Rádio Costa Oeste

Rádio Independência 92,7 FM

92,7 FM

Rádio Independência

Rádio Cultura 820 AM

820 AM

Rádio Cultura

Rádio Terra das Águas 93,3 FM

93,3 FM

Rádio Terra das Águas

Rádio Guaíra 89,7 FM

89,7 FM

Rádio Guaíra

Agência Agropecuária apreende 2 toneladas de queijo e 2 mil litros de leite impróprios na Bahia

  • 04/01/2016
  • Foto(s): Divulgação
Agência Agropecuária apreende 2 toneladas de queijo e 2 mil litros de leite impróprios na Bahia
A Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), vinculada à Secretaria da Agricultura da Bahia (Seagri), apreendeu duas toneladas de queijo, requeijão e cerca de dois mil litros de leite impróprios para consumo nos municípios de São Domingos, Santa Luz e Ribeira do Pombal. 

Os produtos, sem as mínimas condições higiênico-sanitárias, foram apreendidos em fábricas clandestinas, laticínios e estabelecimentos sem registro. 

Segundo a fiscal agropecuária que coordenou a operação, Izana Fiterman, os produtos estavam sem o selo de inspeção e sem as informações nutricionais, além de contaminados e deteriorados. 

As queijarias irregulares foram interditadas e os produtos apreendidos foram incinerados.

A vistoria por técnicos da Adab, realizada para apurar denúncias do Ministério Público e do Sindicato das Indústrias de Laticínios e Produtos Derivados de Leite do Estado da Bahia   (Sindileite), constatou irregularidades em queijarias clandestinas no Território do Sisal. 

De acordo com o promotor de Justiça do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça do Consumidor (Ceacon/MP), Roberto Gomes, o principal objetivo da operação foi proteger a saúde e segurança dos consumidores. 

O promotor destacou que as ações em parceria com a Adab vão continuar em outras regiões do Estado, visando coibir violações aos direitos dos consumidores. "Mas para que nossa atuação se torne mais eficiente é preciso que os consumidores denunciem as práticas abusivas, permitindo assim o direcionamento das nossas ações", destaca o promotor.

Mas as ações da Adab são também educativas, visando ainda orientar e ajudar o produtor a regularizar suas atividades. "O produtor que deseja se regularizar, deve procurar uma das unidades da Adab e solicitar vistoria. Ele receberá todo apoio e indicações do que é preciso fazer para cumprir todas as normas de higiene", explica o diretor de Inspeção de Produtos de Origem Agropecuária da Adab, Willadesmon Silva.

Fonte: Agrolink / Secretaria da Agricultura do Estado da Bahia

Envie sua Notícia, vídeo, foto
(45)9910-25533

Colunistas