Ouça ao vivo
Rádio Costa Oeste 106,5 FM

106,5 FM

Rádio Costa Oeste

Rádio Independência 92,7 FM

92,7 FM

Rádio Independência

Rádio Cultura 820 AM

820 AM

Rádio Cultura

Rádio Terra das Águas 93,3 FM

93,3 FM

Rádio Terra das Águas

Rádio Guaíra 89,7 FM

89,7 FM

Rádio Guaíra

Mulheres tentam manter viva a tradição de cultivar café no Paraná

O alto custo de produção fez com que os agricultores substituíssem o café pela soja.

Mulheres tentam manter viva a tradição de cultivar café no Paraná

Um grupo de mulheres de Jesuítas, Formosa do Oeste e Iracema do Oeste, mantem viva a tradição de cultivar café. Os municípios já foram referência na área, mas, o alto custo de produção fez com que os agricultores substituíssem o café pela soja. O pedido de socorro foi ouvido por Roberto Natal Dal Molin, técnico do IDR-Paraná, que se juntou ao grupo para resgatar o desejo de produzir café.  

A paixão pelos cafezais fez o engajamento crescer e colher mais resultados, que vão além do produto final. Para entender o significado da cultura do café na região, fomos até Jesuítas, na casa de seu Geraldo e dona Rafaela Colombo. E claro a recepção não poderia ser diferente. Regado com um bom café e comidas típicas do interior. O casal viu o início primeiras plantações do grão, comenta seu Geraldo.

Eles também viram a soja ocupar o espaço antes destinados aos cafezais, mas nunca desistiram da cultura que está no sangue da família. Agora que entendemos o quanto é importante A cultura do café para estás pessoas, desde o contexto história até os dias de hoje, associado ao engajamento feminino na causa, fazem sobrar elementos para uma bebida com conceito de sobra. Na região, elas são conhecidas como mulheres do café. Agora objetivo é conseguir transformar o trabalho artesanal em uma renda interessante e sustentável. Para isso produzir uma bebida de melhor qualidade, possibilita receber valor agregado, que muda toda a perspectiva. 










Fonte: Costa Oeste News

Autor do post