Ouça ao vivo
Rádio Costa Oeste 106,5 FM

106,5 FM

Rádio Costa Oeste

Rádio Independência 92,7 FM

92,7 FM

Rádio Independência

Rádio Cultura 820 AM

820 AM

Rádio Cultura

Rádio Terra das Águas 93,3 FM

93,3 FM

Rádio Terra das Águas

Rádio Guaíra 89,7 FM

89,7 FM

Rádio Guaíra

O coelho e a onça

Mensagem do dia 18/01/2021

O coelho e a onça

Era uma vez um coelho que morava na mesma rua onde morava a Dona Onça. Os dois eram bons vizinhos… Combinavam sempre nas empreitadas…

Um dia, eles desejaram comer um queijo. Nem um e nem o outro tinham dinheiro suficiente pra comprar o queijo que tanto desejavam comer. Então combinaram que cada um daria a metade e, juntos, comprariam o queijo.

Feita a sociedade e tendo a quantia necessária, foram à casa da Dona Cabra e compraram o queijo. Como Dona Cabra não tinha queijo curado e eles não queriam comer queijo fresco, decidiram que deixariam o queijo no tempo de ficar curado.

Procuraram uma árvore bem alta, colocaram o queijo numa sacolinha de pano e….

– Senhor Coelho, como você é mais leve do que eu, você fica com a tarefa de subir na árvore. E assim o Sr. Coelho foi subindo… No galho mais alto, amarrou o queijo e desceu.

Dona Onça armou guarda e ali ficou vigiando o queijo.

Depois de alguns dias, o coelho sentiu vontade de comer queijo, então foi até a Onça e disse:

– Dona Onça, vá pra casa descansar, que eu fico vigiando o queijo….

Dona Onça foi. O Coelho, aproveitando que estava só, subiu na árvore e comeu a metade do queijo que lhe pertencia e ficou por ali esperando a onça voltar.

Quando a onça chegou, passou-lhe o posto e foi embora satisfeito. Passado dois dias, o coelho sentiu uma louca vontade de comer queijo.

Foi de novo no posto onde a onça estava e disse:

– Dona onça, está quase no dia de comermos o queijo, pode deixar que eu fico aqui cuidando nesses dias que faltam…

Agradecida pela gentileza do coelho, ela foi preparar a casa na qual iriam comer o queijo.

O coelho subiu na árvore e comeu o resto do queijo. Depois desceu, procurou uma pedra do tamanho do queijo e colocou-a no lugar do queijo.

Quando ele já estava lá embaixo palitando os dentes, de barriga pra cima, tirando uma soneca… a pedra (que era pesada) caiu bem na cabeça do coelho amassando-o que nem pastel… O pobre coelho teve morte instantânea.

Quando a Onça chegou e viu o coelho morto, ficou paralisada, nem podia acreditar no que via…Seu vizinho e companheiro estava morto, justamente com um queijo na cabeça.

Dona Onça ficou muito traumatizada com o fato, pois poderia ter sido ela a vitima!

Revoltada com o queijo, pegou a sacolinha (com o queijo-pedra) e atirou-a ao rio e nunca mais na vida quis comer queijo.

Quanto ao coelho, pagou com a vida a tentativa de enganar quem nele depositara tanta confiança…


Fonte: Belas Mensagens

Autor do post