Ouça ao vivo
Rádio Costa Oeste 106,5 FM

106,5 FM

Rádio Costa Oeste

Rádio Independência 92,7 FM

92,7 FM

Rádio Independência

Rádio Cultura 820 AM

820 AM

Rádio Cultura

Rádio Terra das Águas 93,3 FM

93,3 FM

Rádio Terra das Águas

Rádio Guaíra 89,7 FM

89,7 FM

Rádio Guaíra

Agricultores iniciam a colheita da soja na região de Cascavel

  • 22/01/2016
  • Foto(s): Lorena Manarin/O Paraná
Agricultores iniciam a colheita da soja na região de Cascavel
Cascavel - O sojicultor Zeca Zardo está prestes a colher 800 hectares de soja. Otimista, ele começa a colher no início de fevereiro. Apesar do excesso de umidade que levou doenças às plantas e possível perda na produtividade, o sojicultor já começa a preparar as máquinas para a colheita.

???Na próxima semana vamos passar o secante na soja e acredito que em 15 dias já podemos dar início à colheita. Mesmo com tanta chuva em novembro e dezembro, estou confiante que teremos uma boa produtividade, espero em torno de 65 sacas por hectare???, destaca.
O produtor Jurandir Francisco Tomazi também está ansioso pela colheita.

???Após tantas chuvas o sol finalmente voltou. Estamos torcendo para que as perdas não ultrapassem 20%. Apesar do preço da saca estar em um bom patamar hoje, em contrapartida pagamos mais caro pelos insumos. Também gastamos mais produtos com as aplicações durante o período chuvoso???, frisa.
De acordo com o Deral (Departamento de Economia Rural), no último relatório de segunda-feira passada, dos 560 mil hectares de soja cultivados na regional de Cascavel, 1% havia sido colhido e o restante segue 60% em frutificação e o restante está em maturação.

???Os primeiros municípios que deram início à colheita e que estão mais avançados são: Serranópolis do Iguaçu, Missal e Itaipulândia. Nas demais os produtores estão se preparando para começar a colher. Quem cultivou soja e milho, primeiramente dará prioridade à soja e depois ao milho???, explica a economista do Deral Jovir Esser.
???Nas primeiras lavouras colhidas a previsão tem sido de 62 sacas por hectare da soja. Em algumas localidades ocorreram quebras devido à falta de sol o que casou abortamento na floração e doenças como a ferrugem asiática???, frisa Esser.
Milho

Já os 13,7 mil hectares destinados ao milho estão 95% em maturação e 5% em frutificação. Nas próximas semanas o Deral apresenta um levantamento do resultado das primeiras colheitas realizadas na região.  A saca de 60 quilos da soja está sendo comercializada a R$ 72 e a saca do milho R$ 31.

Feijão

A cultura de feijão alcançou 100% da colheita na regional onde foram cultivados 2.213 hectares. Algumas lavouras foram comprometidas com o excesso de chuva. Segundo especialistas, os produtores vão perder na hora de comercializar o produto já que em muitas lavouras apresentaram deficiência na qualidade, entre elas manchas no grão. 

Fonte: Jornal O Paraná

Envie sua Notícia, vídeo, foto
(45)99102-5533

Colunistas