Ouça ao vivo
Rádio Costa Oeste 106,5 FM

106,5 FM

Rádio Costa Oeste

Rádio Independência 92,7 FM

92,7 FM

Rádio Independência

Rádio Cultura 820 AM

820 AM

Rádio Cultura

Rádio Terra das Águas 93,3 FM

93,3 FM

Rádio Terra das Águas

Rádio Guaíra 89,7 FM

89,7 FM

Rádio Guaíra

APP-Sindicato promove paralisação nesta terça, 21, nos Colégios Estaduais

Em carta, APP diz que paralisação é para cobrar reposição salarial.

APP-Sindicato promove paralisação nesta terça, 21, nos Colégios Estaduais

Parte dos professores da Rede Estadual de Ensino realizarão uma paralisação nesta terça, 21, em todo o estado do Paraná. De acordo com a APP-Sindicato, que representa a categoria, a manifestação cobra reposição salarial devido as perdas inflacionárias.

Em nota, o sindicato salienta que a reposição não ocorre há pelo menos seis anos. “Estamos há seis anos sem reposição da inflação, perdendo poder de compra, direitos da carreira e sob intensa pressão e assédio nas escolas” pontua.

Em Foz do Iguaçu, nem todos os professores optaram pela paralisação, dessa forma, apenas algumas escolas ou turmas tiveram as aulas canceladas. Os colégios, ou turmas, que tiveram as aulas suspensas enviaram comunicado aos pais. Os professores que vão paralisar as atividades devem realizar uma manifestação em frente ao Núcleo Regional de Educação (NRE) às 9h da manhã.

Em nota, a APP-Sindicato explicou o motivo da paralisação:

Prezados(as) estudantes, mães, pais e responsáveis.

Nós, professores(as) e funcionários(as) de escola da rede estadual do Paraná, pedimos a sua atenção: no dia 21 de junho (terça-feira) realizaremos um dia de paralisação em todo o estado.

Sabemos das dificuldades de uma greve – ainda que de um dia – para a organização familiar, mas esperamos contar com a compreensão e apoio de cada mãe, pai e aluno(a). O governador Ratinho Junior não nos deixa alternativas.

Estamos há seis anos sem reposição da inflação, perdendo poder de compra, direitos da carreira e sob intensa pressão e assédio nas escolas. Tudo ficou mais caro e a educação ficou para trás. Trabalhamos e educamos com amor, mas amor não paga as contas.

Desde 2016, perdemos mais de 36% dos nossos salários para a inflação. O governo do Paraná tem recursos para honrar com a Lei da Data-Base e recompor estas perdas, mas escolhe desvalorizar os(as) educadores(as) da ativa, massacrar aposentados(as) e sucatear os serviços públicos.

Enquanto nós, e vocês, pagamos impostos em dia, grandes empresas lucram com isenções bilionárias

A qualidade do ensino ofertado a nossos(as) estudantes também está em risco. Faltam concursos públicos para garantir o pessoal necessário ao bom funcionamento das escolas. Faltam recursos físicos e equipamentos para cumprir as metas impostas pelo próprio Estado. Falta apoio a educadores(as) e estudantes. Falta respeito.

Essa não é a escola pública que tanto lutamos para construir. Por isso estaremos, mais uma vez, nas ruas no dia 21 de junho. Lutaremos pelos nossos e pelos seus direitos. Pelo futuro da sua e das nossas famílias.

Temos compromisso e responsabilidade com a educação. Jamais deixamos de cumprir nossas obrigações, mas o governador descumpre a lei e ameaça o presente e o futuro do Paraná.

Somente unidos(as) e fortes poderemos garantir uma escola pública gratuita e de qualidade para todos(as). Você sempre pode contar conosco. Precisamos contar com você.

Fonte: Rádio Cultura Foz com inf APP-Sindicato

Envie sua Notícia, vídeo, foto
(45)9910-25533

Colunistas

Categorias relacionadas