Ouça ao vivo
Rádio Costa Oeste 106,5 FM

106,5 FM

Rádio Costa Oeste

Rádio Independência 92,7 FM

92,7 FM

Rádio Independência

Rádio Cultura 820 AM

820 AM

Rádio Cultura

Rádio Terra das Águas 93,3 FM

93,3 FM

Rádio Terra das Águas

Rádio Guaíra 89,7 FM

89,7 FM

Rádio Guaíra

Saúde confirma óbito por H3N2 em Toledo

Trata-se de uma mulher de 33 anos.

Saúde confirma óbito por H3N2 em Toledo

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) confirmou um óbito pela infecção H3N2  (um tipo do vírus Influenza A) em Toledo.  Trata-se de um paciente do sexo feminino, 33 anos, com início dos sintomas em 02 de janeiro, com diagnóstico de COVID-19 no início de dezembro, e falecimento no dia 11 de janeiro. 

De acordo com o Departamento de Vigilância em Saúde, a paciente apresentava patologia associada com importante redução da capacidade imunológica. O setor ainda reforçou que o caso não foi considerado flurona (infecção simultânea pelo coronavírus e pelo vírus influenza), pois as infecções não ocorreram de forma concomitante. 

Os diagnósticos estão sendo monitorados e contabilizados pela Sesa desde dezembro do ano passado, quando a doença começou a circular no Estado de maneira atípica. Na última semana o Paraná decretou situação de epidemia de H3N2.

Sintomas - Os sintomas da gripe causada pelo vírus H3N2 em adultos variam de intensidade e costumeiramente aparecem já nos primeiros dias. Tosse, febre, calafrios, dor de garganta, secreção nasal excessiva, dor de cabeça e no corpo, irritação nos olhos e mal-estar estão entre os sinais. Nas crianças, além de febre, é comum haver o aumento dos linfonodos cervicais e sintomas gastrointestinais. Em muitos casos, o quadro tende a se agravar com evolução para pneumonia. A forma de prevenção é o uso de máscara corretamente, assepsia das mãos e evitar ambientes fechados ou com aglomerações.

Fonte: Costa Oeste News com inf. Assessoria Pref. Toledo

Autor do post