Ouça ao vivo
Rádio Costa Oeste 106,5 FM

106,5 FM

Rádio Costa Oeste

Rádio Independência 92,7 FM

92,7 FM

Rádio Independência

Rádio Cultura 820 AM

820 AM

Rádio Cultura

Rádio Terra das Águas 93,3 FM

93,3 FM

Rádio Terra das Águas

Rádio Guaíra 89,7 FM

89,7 FM

Rádio Guaíra

Prefeitura paga segunda parcela do 13º

  • 15/12/2015
  • Foto(s): Assessoria
Prefeitura paga segunda parcela do 13º
O Município de Santa Terezinha de Itaipu pagou na sexta-feira (11), a segunda parcela do 13.º Salário aos servidores estatutários, celetistas, comissionados, aposentados e pensionistas, totalizando 857 (oitocentos e cinquenta e sete) funcionários.

O prefeito Cláudio Eberhard, destacou que ???o Município tem efetuado os pagamentos em dia, o que beneficia os servidores, ajuda o comércio local e aquece a economia???.

Mesmo com a crise existente no País, a administração municipal mantém o compromisso e suas responsabilidades junto ao servidor público do município. Isso foi possível graças à política de resultados gestionada pelo prefeito Cláudio Eberhard.

No Paraná, apenas 25,6% dos municípios estão com boa situação financeira isso ficou demonstrado na terceira edição do Índice Firjan de Gestão Fiscal. Esse índice traz dados referentes a 2013 e mostra que oito em cada dez prefeituras estão em situação fiscal difícil ou crítica, no Brasil. Santa Terezinha de Itaipu se destaca em pesquisa do IFGF (Índice Firjan de Gestão Fiscal). O município está entre os dez primeiros no ranking paranaense de Gestão Fiscal e entre os 100 melhores do Brasil.

Enquanto ocupa a 3ª posição no Paraná, atrás apenas de Maringá (que é a 8ª no Brasil) e de Sarandi (a 48º no País), Santa Terezinha está no 60º lugar no ranking nacional. ???O destaque positivo é o resultado em liquidez, gastos com pessoal e investimentos, nos quais Santa Terezinha é exemplo de que é possível haver boa gestão fiscal apesar da baixa arrecadação???, diz o prefeito, Claudio Eberhard (PSDB).

Segundo a diretora do Departamento de Recursos Humanos e Gestão de Pessoas, Maria Moro Guelere, o valor total corresponde a R$ 825.700, que permitirá que a renda circule dentro do comércio local, fomentando a economia do município.

Fonte: Assessoria

Envie sua Notícia, vídeo, foto
(45)9910-25533

Colunistas