Ouça ao vivo
Rádio Costa Oeste 106,5 FM

106,5 FM

Rádio Costa Oeste

Rádio Independência 92,7 FM

92,7 FM

Rádio Independência

Rádio Cultura 820 AM

820 AM

Rádio Cultura

Rádio Terra das Águas 93,3 FM

93,3 FM

Rádio Terra das Águas

Rádio Guaíra 89,7 FM

89,7 FM

Rádio Guaíra

Produção de energia em Itaipu no ano sustentaria o Brasil todo por 2 meses

  • 15/12/2015
  • Foto(s): Alexandre Marchetti/Itaipu Binacional
Produção de energia em Itaipu no ano sustentaria o Brasil todo por 2 meses
A produção de energia na Usina de Itaipu, no Rio Paraná, deve ultrapassar os 89 milhões de megawatts-hora (MWh) em 2015, segundo balanço divulgado nesta segunda-feira (14). Até agora, a hidrelétrica já produziu mais de 84 milhões de MWh.

A quantidade prevista para o fim do ano sustentaria o país inteiro por pouco mais de dois meses, sem qualquer outro tipo de abastecimento, de acordo com estimativa da própria Itaipu. A cidade de São Paulo, com a mesma quantia, teria consumo garantido por três anos.

A produção do ano é 1,5% maior do que em 2014, quando a hidrelétrica fechou com 87,8 milhões de megawatts-hora produzidos. A diferença abasteceria uma cidade com 600 mil habitantes, por exemplo.

O diretor-geral do Operador Nacional do Sistema (ONS), Hermes Chip, disse que, a exemplo do que ocorreu em 2014 e 2015, a usina de Itaipu e as demais hidrelétricas do sul do Brasil vão assegurar o abastecimento de energia no país em 2016, sem risco de colapso. O ONS é o órgão que coordena toda a operação do setor elétrico brasileiro.

Segundo Hermes Chipp, Itaipu, principalmente, será fundamental para amenizar os efeitos da seca na bacia do Rio São Francisco, na Região Nordeste. O reservatório de Sobradinho zerou o volume útil em novembro deste ano.

"Em 2016, não haverá uma condição climática favorável do baixo São Francisco, de Sobradinho até a foz do rio, ao contrário do cenário em Itaipu. Vamos transferir o excedente de energia de Itaipu para o nordeste, pelo Sistema Interligado Nacional (SIN), e não teremos problema nenhum no abastecimento???, afirmou Chipp, com base em previsões metereológicas.

Em 12 de novembro deste ano, a Itaipu chegou à marca histórica de 2,3 bilhões de MWh de produção acumulada e, ao final de 2015, atingirá 2,31 bilhões de MWh, volume que a mantém como líder mundial em produção de energia, conforme estimativa da própria hidrelétrica.

Toda essa energia foi produzida durante 31 anos e sete meses, a partir de maio de 1984, quando a usina binacional começou a operar. Essa quantidade daria para abastecer o consumo de eletricidade do mundo inteiro por 38 dias e dez horas.

Fonte: G1 Paraná

Envie sua Notícia, vídeo, foto
(45)9910-25533

Colunistas